Estou com corrimento vaginal. Seria DST? | Gino-Canesten®
Mulher jovem sorridente de óculos ao celular, feliz após o tratamento para candidíase com Gino-Canesten

Estou com corrimento vaginal. O que pode ser? Quais os tipos?

A diferença entre os tipos de corrimento pode te ajudar na hora de saber se você está com candidíase ou outra infecção.

As infecções vaginais costumam apresentar sintomas como corrimento e coceira, além de vermelhidão e inchaço na região vaginal, mas é necessário saber todos os aspectos dos seus sintomas para conseguir definir ao certo qual a origem e causa dele.

É bastante importante saber diferenciar os corrimentos. No seu caso, se você está com corrimento acinzentado pode não ser candidíase - mas não quer dizer que você está totalmente livre de uma infeção! Existe uma outra infecção vaginal, a vaginoses bacteriana (VB), que tem como característica também um corrimento, só que nesse caso é mais acinzentado.

Saiba que além da cor e espessura do seu corrimento, é preciso notar se ele apresenta algum tipo de cheiro - na VB, além de corrimento acinzentado, você notará um cheiro bem desagradável, tipo peixe podre, que infelizmente é a principal característica dessa infecção.

Notei os sintomas de vaginose bacteriana, mas o que é isso?

A VB é uma infecção vaginal com causa diferente da candidíase. Enquanto uma é causada por fungos (Candida albicans), a vaginose acontece por bactérias, principalmente pela Gardnerella vaginalis. Como ponto comum, a VB também é resultado de um desequilíbrio na flora vaginal e do pH da sua vagina.

Assim como a candidíase, a vaginose bacteriana tem tratamento, mas não é o mesmo, viu? Por serem diferentes, com causas e sintomas diferentes, a candidíase e a VB precisam de tratamentos diferentes.

#VaiFicarTudoBem! Você só precisa perder a vergonha e ver que seu corpo não é um mistério.

Tipos de secreção e corrimentos

Além do corrimento acinzentado, existem diversos outros tipos de secreção e corrimentos. Você sabe quais são todos e o que eles querem dizer? A gente te explica!

As secreções vaginais são naturais do nosso corpo quando em idade fértil, variam conforme o ciclo menstrual. Apesar de as vezes incomodar, pois deixa nossa calcinha molhada, não se preocupe, porque isso é um sinal que tudo está funcionado direitinho e não estão associadas à nenhuma infecção.

E quais são os tipos mais comuns de secreção?

  • Seguida da menstruação: fluxo reduzido, normalmente transparente. As vezes fica meio amarelo/marrom por conter um pouco de sangue.

  • No período fértil: fluxo bem fluido e claro. Parece clara de ovo. Esse meio facilita a locomoção dos espermatozoides do parceiro.

  • Após o período fértil: fluxo mais espesso e brando, as vezes um pouco amarelada. Significa que suas células de defesa estão fazendo uma “limpeza”.

  • Durante a relação sexual: quando estimulado, o organismo da mulher produz uma lubrificação que tem como objetivo facilitar a penetração.

Mas como sei se é um corrimento anormal?

Bom, os corrimentos são sinais que algo está errado na sua região íntima. E é importante ficar super atenta, pois pode ser que você esteja com alguma infecção.

Seguem abaixo alguns dos principais tipos de corrimento que nos afetam e como eles nos ajudam a identificar uma infecção genital:

  • Branco e espesso: quando sem odor, e acompanha sintomas como coceira, ardor e irritação na vagina, pode significar candidíase.

  • Branco-acinzentado: às vezes um pouquinho amarelado também, quando pastoso/granuloso e acompanhado de um cheiro fétido, similar ao de peixe podre, e queimação/desconforto ao fazer xixi, pode significar vaginose bacteriana.

  • Amarelo-esverdeado: quando é fluido (às vezes parece “pus”), vem acompanhado de um forte cheiro e dores na região, principalmente quando faz xixi, pode significar uma DST, como tricomoníase, ou clamídia.

Artigos relacionados

Mulher jovem feliz vestindo um vestido de avental amarelo e apontando para a barriga

Candidíase e gravidez

Aprenda tudo que você precisa saber com relação a candidíase durante a gravidez. Veja como evitar o desenvolvimento de uma infecção vaginal por fungos.

LEIA MAIS
Mulher jovem ativa vestindo um top, em pose confiante diante de uma paisagem ensolarada

Saúde vaginal: o que você precisa saber

Aprenda quais as causas e os fatores de risco de infecções vaginais. Descubra quais os sintomas dessas infecções e encontre dicas de como prevenir infecções vaginais.

LEIA MAIS
Homem jovem sorridente de moletom cinza, feliz após o tratamento de candidíase Gino-Canesten®

Causas e sintomas de candidíase em homens

Reduza o risco de desenvolver uma infecção por fungos — saiba mais sobre os sintomas de candidíase, a prevenção e os tratamentos de infecção por fungos.

LEIA MAIS
Mulher de cabelos escuros com leve sorriso, usando uma blusa bege, satisfeita após o tratamento com Gino-Canesten

Tenho mais chance de ter candidíase na TPM?

A tensão pré-menstrual é um problema comum nas mulheres, mas será que na TPM você fica mais vulnerável até para contrair candidíase? Descubra aqui com a gente!

LEIA MAIS
Mulher jovem e sorridente, com cabelos escuros, usando suéter cinza

Notei um cheiro ruim na vagina: pode ser candidíase?

Será que esse sintoma comum pode ser a infecção vaginal causada pelo Candida albicans? Conversamos direitinho e #SemTabu sobre cheiros na vagina!

LEIA MAIS
Duas mulheres sorridentes em um carro em um dia ensolarado, felizes após o tratamento com Gino-Canesten

Menstruação x candidíase: qual a relação?

A gente te conta tudo o que você precisa saber sobre a candidíase x menstruação!

LEIA MAIS
Mulher jovem, atlética e sorridente, segurando uma garrafa com água, feliz após o tratamento com Gino-Canesten

Meu corrimento branco é candidíase?

Cada corpo é único e por isso cada um demonstra que algo está errado de uma forma diferente. Será que o seu corrimento branco é candidíase ou outra coisa? A gente te conta!

LEIA MAIS
Mulher jovem sorridente de cabelos escuros, vestindo uma camiseta vermelha, feliz após o tratamento para cistite com Gino-Canesten

Vaginose Bacteriana x candidíase: qual a diferença?

É comum confundir candidíase e vaginose bacteriana, mas aqui a gente te explica direitinho as diferenças!

LEIA MAIS
Mulher jovem sorridente de óculos ao celular, feliz após o tratamento para candidíase com Gino-Canesten

Estou com corrimento vaginal. O que pode ser? Quais os tipos?

A diferença entre os tipos de corrimento pode te ajudar na hora de saber se você está com candidíase ou outra infecção. A gente te dá a resposta!

LEIA MAIS
Mulher sorridente, usando um suéter vermelho, feliz após o tratamento com Gino-Canesten

O clotrimazol serve para que? É remédio?

Você sabe qual a função desse medicamento tão recomendado para os casos de infecção como a candidíase? A gente te conta para que serve o clotrimazol!

LEIA MAIS
Mulher jovem sentada em um sofá, lendo, envolta por uma manta, feliz após o tratamento com Gino-Canesten

Remédio caseiro para candidíase: funciona mesmo?

Será que aquelas receitas caseiras que toda mãe tem realmente são eficazes? Descubra aqui se remédio caseiro para candidíase funciona!

LEIA MAIS
Mulher sorridente de cabelo cacheado, vestindo uma camiseta azul, feliz após o tratamento para candidíase Gino-Canesten

Estou com coceira vaginal. E agora?

Calma! Coceira vaginal pode ter diversas causas e a gente te conta direitinho quais são elas.

LEIA MAIS
Casal deitado na cama de pernas cruzadas no ar, sorrindo

Afinal, candidíase é uma DST?

A dúvida está presente no dia a dia das mulheres e casais, e por afetar a região íntima pode ser confundida com uma DST. Descubra!

LEIA MAIS
Mulher jovem de blusa azul, olhando para o horizonte, com a mão no queixo e pensativa

Infecção vaginal é o mesmo que candidíase?

Será que a doença causada pelo Candida albicans é o mesmo que infecção vaginal? Descubra aqui com a gente!

LEIA MAIS
Mulher madura sorridente, com blusa amarela e os braços cruzados, feliz após o tratamento com Gino-Canesten

Candidíase tem idade para acontecer?

Muitas mulheres têm dúvidas se candidíase tem idade ou não para acontecer. Saiba aqui com a gente a resposta!

LEIA MAIS
O médico de jaleco branco, Jose Bento, fala sobre problemas íntimos.

Papo de Consultório

Entenda sobre Saúde Feminina com o Dr. José Bento #SemTabu

LEIA MAIS