Conteúdo Principal
Bayer

Para que você possa curtir ao máximo esses momentos, é bom ter sempre em mente que nessa fase o corpo exige ainda mais cuidados, principalmente para receber as diversas transformações físicas e hormonais que acompanham o organismo feminino durante os 9 meses de gestação.

Por causa disso, a chance de fungos e bactérias fazerem a festa cresce bastante e acaba favorecendo a possibilidade de infecções vaginais, como a candidíase.

Mas fica calma, mamãe! A candidíase na gravidez é bem comum e não tem perigo para o seu bebê.

Mesmo que não prejudique, se o bebê nascer de parto normal e você estiver com candidíase, é possível que ele apresente os sintomas da doença nos seus primeiros dias de vida, como algumas feridinhas brancas dentro da boca - o tão conhecido sapinho. Mas #VaiFicarTudoBem e muitas vezes o próprio sistema imunológico do bebê se fortifica e fica encarregado de dar um chega pra lá na Candida albicans!

Fique ligada nos sintomas!

Corrimento vaginal é algo comum, ainda mais quando o corpo está mudando completamente e carregando mais um serzinho. Apesar disso, é importante saber que se o corrimento é branco e espesso, e vem acompanhado de outros sintomas, pode não ser algo tão simples. Por essas dificuldades em saber exatamente o que o corpo está querendo dizer, é preciso ficar atenta aos outros sintomas da candidíase na gravidez.

Candidíase na gravidez

Quer descobrir como reduzir as chances de ter candidíase na gravidez? A gente te conta!

O seu corpo é como se fosse um boomerang: tudo que vai, volta. Conversar sobre ele #SemTabu e mudar alguns hábitos durante o período da gestação pode ajudar a tratar e até mesmo prevenir infecções futuras, como a candidíase (sim, ela pode acontecer de novo!). Além disso, você vai se acostumar com uma vida mais saudável e depois que o bebê nascer vai ver que fica bem mais fácil manter essa rotina. Algumas dicas:

  • Evite alimentos ácidos e muito gordurosos (isso vai fazer bem para você e seu bebê);
  • Calças apertadas só quando necessário;
  • Calcinha de algodão é a sua melhor amiga.

Se você estiver com candidíase na gravidez, lembre-se de consultar o seu médico. O tratamento com Gino-Canesten® pode ser realizado, mas não é indicado fazer o uso de aplicadores vaginais.

Parabéns pela gravidez, e lembre-se: cuidando de você, você cuida do seu bebê!

Tags: candidíase na gravidez, saúde feminina